Informações socioeconômicas dos Censos Demográficos de 1991, 2000 e 2010

Informações socioeconômicas dos Censos Demográficos de 1991, 2000 e 2010

Com a parceria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA, sob o patrocínio da Rede Interagencial de Informações para a Saúde - Ripsa, o Ministério da Saúde, através do Departamento de Informática do SUS - Datasus, da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa - SGEP, está disponibilizando algumas das principais informações socioeconômicas obtidas dos Censos Demográficos de 1991, 2000 e 2010, detalhadas em nível de município.

Os indicadores selecionados são análogos aos disponíveis nos Indicadores e Dados Básicos - IDB, no grupo Socioeconômicos, a saber:

Indicadores de educação

Taxa de analfabetismo: indicador B.1 do IDB, categorizado por município, cor/raça, sexo, situação de domicílio e faixa etária (15 a 24 anos, 25 a 59 anos, 60 a 69 anos, 70 a 79 anos e 80 anos e mais).

Escolaridade na população de 15 anos ou mais: indicador B.2.1 do IDB, categorizado por município, escolaridade, cor/raça, sexo e situação de domicílio. Observe-se que a forma de categorização da escolaridade foi alterada ao longo dos Censos, devendo-se tomar cuidado na avaliação da série histórica.

Escolaridade na população de 18 a 24 anos: indicador B.2.2 do IDB, categorizado por município, escolaridade, cor/raça, sexo e situação de domicílio. Observe-se que a forma de categorização da escolaridade foi alterada ao longo dos Censos, devendo-se tomar cuidado na avaliação da série histórica.

Indicadores de trabalho e renda

Renda média domiciliar per capita: indicador B.8 do IDB, categorizado por município e cor/raça. Deve-se tomar cuidado com os dados de 1991, pois, sendo um período de alta inflação, a comparabilidade dos dados é comprometida.

Índice de Gini da renda domiciliar per capita: indicador B.9 do IDB, categorizado por município.

Razão de renda: indicador B.4 do IDB, categorizado por município.

Proporção de pessoas com baixa renda: indicador B.5.1 do IDB, categorizado por município e cor/raça. Deve-se tomar cuidado com os dados de 1991, pois, sendo um período de alta inflação, a comparabilidade dos dados é comprometida.

Proporção de de crianças em situação domiciliar de baixa renda: indicador B.5.2 do IDB, categorizado por município e cor/raça. Deve-se tomar cuidado com os dados de 1991, pois, sendo um período de alta inflação, a comparabilidade dos dados é comprometida.

Taxa de desemprego: indicador B.6 do IDB, categorizado por município e cor/raça.

Taxa de trabalho infantil: indicador B.7 do IDB, categorizado por município e cor/raça.

Proporção de idosos residentes em domicílios na condição de outro parente: indicador B.19 do IDB, categorizado por município, sexo e faixa etária (60 a 69 anos, 70 a 79 anos e 80 anos e mais).

PIB per capita

PIB per capita municipal: indicador B.3 do IDB, com dados de 2000 a 2009, tem como fonte as tabelas disponibilizadas no sítio do IBGE, na área de Economia/Sistema de Contas Nacionais/Produto Interno Bruto dos Municípios. Para calcular os coeficientes per capita, foram utilizados os dados de população da base demográfica do MS/Datasus. Os valores do PIB per capita podem divergir do publicado em outras fontes, caso haja diferença nos valores estimados da população.



Clique para fechar janela


Ministério da Saúde / DATASUS - Departamento de Informática do SUS
Espl. dos Ministérios Bloco G Anexo A, 1ºand - sala 107 Cep:70.058-900 -
Copyright © 2008 - Datasus. Todos os direitos reservados.
Créditos | Acessibilidade |